quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

A MÚSICA A DEUS



A Tua Palavra é o tema das minhas canções” (Salmo 119.54).

A música, sim, é uma dádiva do coração de Deus para o nosso coração. A música do amor, a música de louvor, a música da adoração. A música, eterna paixão entre Deus e o homem. A música que acalenta, que alegra, que aconselha, que ensina, que inspira, que enche de entusiasmo o coração e a vida.

O ser humano é apaixonado por música. A música está presente na constituição do nosso ser. No nosso corpo existe música – nas batidas do coração, no pulsar do sangue, no inspirar e expirar dos pulmões, no ritmo dos passos.
A música carrega em si o humano e o Divino. É também ciência, matemática. A música é improviso, surpresa, espontaneidade. É intuição e razão, pensamento e sentimento.  É espírito e alma. Também é corpo, ação.

Como uma expressão autêntica do ser humano, a música revela-se em uma composição uníssona, tendo, no entanto, partições inseparáveis que a faz ser, de fato, música.  Separamos cada parte, mas na prática se misturam, de maneira que se tornam dependentes uma da outra, embora interdependentes. O mesmo que acontece com o homem sendo espírito, alma e corpo… Quando há parte fora do todo, fazemos o todo perder o seu sentido pleno.

Da criação se faz ouvir o som, a criação elabora música. O som do mar, das árvores, dos pássaros, do vento. O universo, a terra,os céus dançam ao som da música de Deus. Há ritmo, melodia e uma poderosa harmonia em cada criatura de Deus.
Na verdade, toda criação exprime o som de uma grande orquestra, desde a cadência das ondas do mar ou o ritmo ininterrupto das nuvens, até o magistral som das cachoeiras, a ópera dos ventos ou o canto dos pássaros.

A música está arraigada a Deus e a tudo o que Dele procede.Seja o som audível na natureza ou o pulsar silencioso da vida, até o som perfeito que emana do espírito humano – a música do coração.
A nossa adoração em espírito e em verdade faz nascer a música que retrata o louvor. Isso porque, como declara o salmista Davi, o coração inspirado pelo Espírito Santo é como a pena de um habilidoso escritor (Salmos 45.1).

Podemos fazer uma viagem arrebatadora pelas rotas do nosso próprio ser. Um mergulho dentro de nós mesmos, um passeio pelas alamedas da nossa conexão com Deus. E a música é um veículo através do qual podemos embarcar nesta viagem.
A música de Deus inspira liberdade enquanto liberta o homem da escravidão. De fato, a música está vinculada ao domínio do homem sobre terra. E a voz de comando sobre o reino das trevas e sobre as obras do diabo pode ser musicalizada, operando eficazmente o poder de Deus.

(Trecho do livro “Louvor, Adoração e as coisas do coração”- Manassés Guerra)