segunda-feira, 20 de maio de 2013

OS PRINCÍPIOS QUE DAVI USOU PARA EDIFICAR UM MINISTÉRIO MUSICAL - Parte 2



Por Daniel Souza - parte 02

Músicos, é necessário separação total do pecado e do mundo para servirmos ao Senhor e edificarmos a igreja.

1. Um ministério estabelecido por uma liderança plural (1)

O texto diz que Davi edificou este ministério junto com outras pessoas. Como é bom contarmos com auxílio para realizarmos a obra de Deus!

Sempre me lembro de uma música do Asaph que diz “quem anda sozinho pode ir mais rápido, mas nem sempre vai mais longe”. É bem verdade esta canção. Davi era um homem, um guerreiro, um músico e um rei muito capaz, mas não trabalhou sozinho. Exceto em Cristo, Deus não concentrou em nenhum outro homem todas as coisas. A pluralidade e a cooperação mútua são princípios de Deus. Deus nos fez dependentes uns dos outros. É muito estranho e contra a vontade de Deus uma pessoa descartar a ajuda de outros. O reino de Deus é um reino de cooperação.

Existe sabedoria na multidão de conselheiros (Pv.11.14; 15.22; 24.6). Com toda certeza cada chefe, junto com o rei Davi pode contribuir para a excelência e a eficácia deste ministério. Vou ainda mais longe. Creio que muitos irmãos e pastores, por mais que não sejam músicos, tem muito a acrescentar e enriquecer ministérios de música. Existem ministérios que estão perdendo muito por ignorar a sabedoria de homens e mulheres de Deus. Preste mais atenção naqueles que tem se chegado a você, querido líder ou músico. Aprenda a ouvir o Senhor através destes irmãos. Deus pode ter enviado estas pessoas para que através de seus conselhos você possa prosperar.

E ainda quero deixar uma palavra de estímulo aos pastores e irmãos no geral que se constrangem em participar do ministério de música, dando sua cooperação, conselho ou até opinião. Você pode pensar: “eu não entendo nada de música”. Pois, bem, esta é uma música diferente. Ela está a serviço de Deus e de sua casa. Tenho certeza de que você conhece o Senhor e vive em comunhão com Ele. Tenho certeza de que você deseja agradar a Deus. Tenho certeza de que você tem se consagrado à oração e a palavra de Deus. Tenho certeza de que o Espírito Santo tem dado sabedoria e manifestado seu amor em tua vida, meu irmão ou irmã.

Por isso e muito mais você é extremamente útil e não pode se omitir. Comece orando e dê sua parcela de cooperação ao ministério de música que está perto de você. O Senhor é contigo!

2. Um ministério formado por pessoas com um claro chamado (1)

A palavra diz que Davi e os chefes do serviço separaram para o ministério os filhos de Asafe, de Hemã e Jedutum. 

A palavra “separou” tem um forte significado. Ela tem tudo a ver com santidade, consagração para realizar uma obra específica. Houve uma distinção. Alguns foram chamados para um trabalho específico. Este trabalho exigiria muita dedicação e por isso deveriam se concentrar em sua função. A palavra santidade significa separação. Entendemos que estes músicos deveriam se santificar para executarem este ministério.
É o mínimo para aqueles que querem servir ao Senhor. Deus é santo e aqueles que Ele chama também devem ser santos (Lv.21.6;1Pe.1.15,16).

Será que os músicos da casa de Deus estão conscientes da responsabilidade que tem diante de Deus?
Não basta saber tocar e cantar. É necessário revelação de que fomos separados para um ministério que, assim como qualquer outra função na casa de Deus, EXIGE SANTIDADE. Infelizmente muitos músicos ainda não se separaram do pecado. Muitos dos que estão tocando e cantando na igreja ainda estão de braços dados com a prostituição, com a impureza, com a pornografia através da Internet e de literaturas em geral. Muitos estão em rebeldia e desobediência a seus pais e pastores. Muitos estão usando o ministério como “status” para seus próprios interesses.

Infelizmente esta é a verdade. Comece a orar que Deus vai trazer a luz à realidade do ministério de música de sua igreja. Ore e jejue por isso. Músicos, é necessário separação total do pecado e do mundo para servirmos ao Senhor e edificarmos a igreja.

 Um outro aspecto importantíssimo sobre santidade é que fomos separados do mundo e do pecado PARA DEUS. Ao mesmo tempo em que nos afastamos do pecado, devemos nos aproximar de Deus.Por isso é necessário que o músico que foi separado para o ministério se aparte da injustiça e se apegue fortemente ao Senhor. 

Como isto pode acontecer? 
Através da meditação na palavra e da prática da oração (At.6.4). Infelizmente hoje na igreja do Senhor Jesus existe muitos músicos com vida débil no conhecimento da palavra e na prática da oração. Quem disse que músico não precisa de palavra e de oração? Volto a dizer, não basta saber tocar e cantar. Esta música não é qualquer música. É música a serviço de Deus e de sua igreja. SANTIDADE AO SENHOR! (Ex.28.36; 39.30).